07 julho 2010

DUNGA
Um técnico diferente


Dunga, técnico da seleção brasileira de futebol, ou melhor dizendo, ex técnico, já que a CBF tratou de se livrar dele, desenvolveu com bastante sucesso sua gestão de quatro anos a frente da nossa seleção. Ganhou a maioria das partidas disputadas. Ganhou três vezes da Argentina, duas vezes da Itália, deu de goleada na boa equipe de Portugal, ficou em primeiro lugar nas eliminatórias da Copa 2010 e foi campeão da Copa América e da Copa das confederações.
Mas mesmo assim, seu trabalho para alguns, talvez milhões, de brasileiros se resumiu a quatro semanas da Copa 2010 até a eliminação frente à Holanda nas quartas de final.
Dunga construiu uma equipe boa ao longo destes quatro anos, sem estrelismos e sem subserviência à “poderosa” Rede Globo como fizeram todos os nossos técnicos anteriormente. Se toda a campanha do “Cala boca Galvão!” não foi necessário para que parássemos de ouvir as porcarias proferias por esta criatura, certamente o primeiro lugar da Copa 2010 faria isso a todo o resto desta alienante emissora. Calar-se-iam Fátimas, Willians, Galvões, ...... mas não, não ganhamos a Copa e agora, até mesmo antes, bradam as quatro ventos impropérios revoltosos e vingativos.
Dunga não fez uma convocação de ultima hora, não reuniu as estrelas, que não mais jogam com o coração aquele futebol arte brasileiro que já não vemos faz tempo, pois seus bolsos pesam demais pra deslizarem em campo. Não levou de ultima hora, Ganso, Ronaldinho e os “tops”. Trabalhou durante anos com a equipe que escolheu.
Mas kaka não fez nada! Ouvi mil vezes isso e retruquei todas elas. Já reparam de quem foi a maioria dos passes que terminaram em gol? Pois bem, dele mesmo! Brasileiro parece saber de tudo, conhecer de tudo, reclamar de tudo.
Por mim Dunga continuaria a ser o técnico da seleção, talvez fizesse alguns ajustes, talvez não. Se ele continuasse a fazer seu trabalho tal como fez durante estes quatro anos a probabilidade de sermos HEXA em 2014 seria muito maior e quem sabe com uma pitada grande de sorte não teríamos mais a Globo, o Galvão, a Fátima Bernardes e cia. a atrapalhar tanto e a moer nossos ouvidos.
Desejo uma final inédita entre Holanda e Espanha e que vença a equipe mais dedicada, equilibrada e com sorte. Eu desejo que tudo isso esteja com a Holanda!

5 comentários:

SALOMÃO disse...

" bolsos pesam demais pra deslizarem em campo... "

Esta foi muito boa.
Acho que DUNGA foi um bom MESTRE mas não foi FELIZ.
As vezes ZANGADO mas nunca SONECA nem DENGOSO;
E agoraaaaaaaa....
A T C H I M M M M M M ,
saúde aos nossos jogadores para sermos HEXA em 2014.

Anônimo disse...

Minha Amiga:
Só para comparar: o Carlos Dunga fez o percurso de que falas e a selecção brasileira até deu uma cabazada do outro mundo na nossa (sob o comando de um outro Carlos, o cretino Queiroz).
O nosso seleccionador ganha 15 vezes mais do que o Presidente da República de Portugal e agora embolsou mais 800 mil euros pela participação de Portugal!
Para ser despedido por ser o incompetente que é, a nossa Federação (vossa Confederação) terá que pagar qualquer coisa como 5 milhões de euros! E é claro que ele não quer sair, para receber a indemnização a que se chama com direito! E perguntas tu: quem gere a Federação Portuguesa de Futebol desde 2001? Um tal de Gilberto Madail que ganha balúrdios nestes «esquemas». Só para recordar o contexto: Portugal está a viver uma das crises mais graves de sempre, o desemprego atinge valores sem precedentes e as famílias e os trabalhadores foram castigados pelo aumento brutal de impostos. Cerca de 20% dos portugueses vive abaixo do limiar da pobreza (mais ou menos 2 milhões de pessoas) e foi o que se viu!
Quanto à Final: espero que ganhe a bela Holanda!
Beijo do Sul.

Carlos Mesquita disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Amiga, vai só espreitar as contas do tal Madail, em 2008:
http://www.cmjornal.xl.pt/noticia.aspx?contentid=C36A24D7-8B07-4C54-856B-51EEADC15D2B&channelid=00000217-0000-0000-0000-000000000217
GRANDE PAÍS é esta PO.......A!

lualil disse...

Shloime,

Gostei dos anões ai colocados. Reforça que pra mim ele foi mais MESTRE que tudo. Tivemos pelo meio do caminho uma certa dose de falta de sorte, mas são coisas que acontecem. Não temos que ser campeões do mundo sempre né? Vamos esperar a próxima para ver como ficamos.

beijos

Bicho,
Tas a ver?! Lamentavelmente desde que o futebol deixou de ser arte pra virar negócio e negociatas a coisa anda dessa maneira! Lamentavelmente.

beijos